Curiosidades - Rurouni Kenshin - Anime - Videos - Animes - Notícias - Informações - Reviews - Fotos - Cosplays - Jogos e muito mais!

Rurouni Kenshin - Curiosidades

1. ~ Tal como Goku, Kurama e outros, Kenshin no Japão também foi dublado por uma mulher. Fazer a voz de Kenshin foi o primeiro trabalho (debut) de Susukaze Mayo que também canta a música Namida Wa Shitteiru do segundo encerramento da série animada.

2. ~ O primeiro "subproduto" do mangá Rurouni Kenshin foi uma série de CD Dramas (Rádionovelas em CD) lançados pouco antes da série de TV. Nesses CD Dramas, Kenshin era dublado por Ogata Megumi (dubladora de Shinji Ikari de Evangelion e Kurama de Yu Yu Hakusho).

3. ~ Uncho Ishizuka, o dublador japonês do gigante Fuji, também fez a voz japonesa do Monarca La Deus em Flashman.

4. ~ A Sakabatou, a espada de lâmina invertida usada por Kenshin não é uma arma real. Em compensação a Zanbatou (arma corta cavalos) utilizado por Sanosuke existe de verdade.

5. ~ Algumas das técnicas de visual mais fantástico como o "Watojutsu" (de Enishi) e a "Supressão do Espaço" (do Soujiro Seta) realmente existem, mas foram apresentadas de forma mais dramática pelo autor. O Battoujutsu (técnica de saque de espada) também existe, é uma forma antiga do Iaido moderno. Já o Hiten Mitsurugi Ryuu não existe.

6. ~ Nobuhiro Watsuki pretendia produzir uma série curta, mas o sucesso na Shonen Jump o fez extender a história. No final inicialmente imaginado pelo autor, Kenshin abandonaria o dojo Kamiya voltando a vagar pelo Japão. A imagem da partida seria a mesma utilizada por Watsuki na despedida de Kenshin de Kaoru, na saga de Kyoto.

7. ~ Para criar a imagem do retorno de Kenshin ao dojo Kamiya, após a saga de Kyoto, o autor se baseou no final da primeira abertura da série da TV.

8. ~ Na saga de Kyoto, Nobuhiro pretendia fazer a luta na Fragata Purgatório (Heigoku) ser mais longa do que foi, porém devido ao fato de a fragata ter sido muito difícil de desenhar a luta foi encurtada.

9. ~ Também na mesma saga, só que na luta final contra Shishio, Watsuki pretendia fazer com que Houji intervisse na luta, atacando Kenshin e seus amigos com a baioneta de sua espingarda. Porém devido ao fato de que para Houji Shishio era um ser supremo, Watsuki mudou de idéia e colocou Houji destruíndo o esconderijo após a morte de Shishio e Yumi.

10. ~ No final da série, Kenshin se casa com Kaoru e tem um filho, Kenji Himura, que se tornaria rival do filho de Yahiko e Tsubame pela Sakabatou em um futuro próximo (segundo informações do último making of da série).

11. ~ Depois da saga de Enishi, Nobuhiro Watsuki pretendia criar a saga de Hokkaido. Nessa saga iria aparecer um ex-membro do Shinsengumi, Shinpachi Nagakura, além de alguns ex-membros do Juppongatana como Anji, Fuji e Soujirou. Porém por conta de seu cansaço Nobuhiro desistiu de fazer tal saga. Também pesou o fato de que o principal gancho da série, a expiação dos crimes de Kenshin quando era Battousai, já estava "resolvido" e qualquer história após a saga Jinchuu seguiria outro rumo.

12. ~ Alguns personagens da série foram inspirados em personagens das histórias da Marvel, da qual Watsuki é fã. Exemplos disso são Jin-E Udou (cuja roupa colada foi inspirada na do Gambit), Hannya (cujas garras foram inspiradas no Wolverine), Hyottoko (inspirado no Hulk), o sobretudo de Aoshi (inspirado também no Gambit), Akamatsu (inspirado em Omega Red), Houji (cuja função no Juppongatana foi inspirada no Forge), dentre outros, além da capa utilizada por Seijuurou Hiko que foi inspirada na de Spawn.

13. ~ Além disso alguns personagens que aparecem na saga existiram de verdade, dentre eles o ministro Toschimichi Ookubo, Soujirou Okita (apesar de aparecer bem rapidamente), o policial Kawaji, Souzou Sagara, Sanosuke Harada e Hajime Saitou. Outros foram inspirados em pessoas que existiram de verdade, tais como Jin-E, Makoto Shishio (ambos inspirados em Kamo Seriwaza), Soujirou Seta (inspirado em Soujirou Okita), o próprio Kenshin (inspirado em Gensai Kawagami), Sanosuke (inspirado em Sanosuke Harada, membro do Shinsengumi), Houji (inspirado em Toshizou Hijitaka), Gein (inspirado no famoso assassino Edward Gein), dentre outros.

14. ~ Junto com Gundam Wing, Yu Yu Hakusho e Sakura Wars, Rurouni Kenshin foi um dos poucos animes exibidos pelo Cartoon Network que não teve suas músicas de abertura e encerramento traduzidas para o português.

15. ~ Nos Estados Unidos apenas o anime ficou conhecido como Samurai X. O mangá foi lançado com o nome "correto": Rurouni Kenshin. Mas o autor, Nobuhiro Watsuki gostou deste nome "errado": Samurai X, por isso, usou este nome na obra seguinte "Buso Renkin" como um Buso Renkin: Sword Samurai X.

16. ~ Nobuhiro Watsuki é fã da série de videogames Samurai Shodown (Samurai Spirits). O autor participou da produção do Samurai Shodown 5 (Samurai Spirits Zero) como Character Designer.
Watsuki também é fãs de Action Figures, colecionando bonecos do Spawn e dos X-men.

©2007-2009 - Só Animes - www.soanimes.com.br